Puto Prata sobre sua ausência no Team de Sonho Vol III:- “Chotaram-me por ter falado que paguei o meu bilhete num show”

Convidado recentemente no programa “Tchilar” da Tv Vida, canal 500 da Dstv, comandado por Canga Tomás e Elisângela Gomes, o cantor angolano Puto Prata também conhecido por ‘Doutorado’ criou alvoroço durante o debate que teve como tema: “União entre os Artistas”, ao revelar que foi expulso do projecto Team de Sonho Vol III, depois de um show em Portugal. 


Questionado por Canga Tomás, o que realmente aconteceu para estar ausente do “Team de Sonho Vol III”, e o que foram feita das suas músicas no mesmo, uma vez que já fez parte do primeiro e segundo, o autor do hit “Tá bater ou não”,  sem receio de dizer, respondeu que foi expulso do projecto, por ter pago os bilhetes de passagem de suas bailarinas para um show em Portugal.
“Chotaram-me. Porque eu disse que paguei o bilhete de passagem e a estadia das minhas bailarinas, na minha ida a Portugal. E as músicas que gravei no projecto Wamona, que tirei no meu disco, simplesmente deixei”, começou por dizer.
Sobre o motivo que levou o Team de Sonho não comprar os bilhetes de passagem para si e as suas bailarinas, Prata disse que, de acordo com a tournée que o Team tinha que fazer em alguns países, na vez de Portugal compraram apenas bilhetes para uns e outros não, mas como tem o objectivo de expandir suas músicas pelo mundo a fora, decidiu comprar os bilhetes das suas bailarinas, bem como custear a estadia das mesmas.
Esta é a questão. O acordo era fazer a tournée, São Tomé, Cabo Verde, Moçambique, Guiné, Portugal. Mas chegou a Portugal escolheram artistas que iriam comprar os bilhetes e outros não, eu como estou com uma visão de águia como dizem,  quero internacionalizar as minhas musicas, achei que tinha que fazer parte daquele show. Fui o único kudurista na sala e aquilo foi ao rubro, graças a Deus. E eu depois fiquei a reflectir no palco ‘uauuu eu vim, paguei o meu bilhete, show está tão agradável’ não gosto de dormir com magoas de ninguém, tinha que tirar aquilo e falei, ‘vim com os meus bilhetes de passagem paguei os das minhas bailarinas, estadia e alimentação. Se recuarem as gravações vão ver eu agradeci a L&S pela oportunidade de estar no palco não fui completamente desagradável, só disse a verdade, porque sabia que aquilo teria repercussão e quando cheguei a Angola o Puto Português me comunicou que fui expulso do Team de Sonho”, continuou por dizer.
Ainda na sua linha de pensamento, Puto Prata continuou por dizer, já em Angola, o colega de profissão Puto Português, o avisou de que já não fazia parte da lista dos artistas que iriam para o Lubango, por que já não fazia parte da ‘família’ L&S Republicano.
“Eles meteram uma lista dos artistas que vão para Lubango, eu disse que iria para Lubango, não Prata não vai, porque já não fazes parte do Team por causa das palavras que proferiste no palco em Lisboa, o Nino (Republicano) mandou avisar-te que já não fazes parte do Team de Sonho. Não devia ser ele a dizer isso, tinha que ser o Nino e o Big Nelo que me chamaram para fazer parte do projecto, mas foi o Português que transmitiu, mas depois o Big Nelo confirmou a minha saída no Team de Sonho”, revelou o kudurista.
Recorda-se que Puto Prata proferiu tais palavras durante o show do Team de Sonho Vol III, que ficou marcado com a estreia da emissão do canal ZAP Viva em Portugal.

Old-g Bankz

Sem comentários:

Enviar um comentário

Instagram